Morre Paolo Rossi, ídolo da Itália e carrasco do Brasil na Copa 82

0
- Em breve um anúncio top aqui -

De acordo com informações de veículos de comunicação da Itália, como o jornal Gazzetta dello Sport e a emissora de TV RAI, morreu Paolo Rossi, ex-atacante italiano, nesta quarta-feira (9).

Paolo Rossi morreu aos 64 anos, mas as causas ainda são desconhecidas. O Bambino D’Oro marcou os três gols que eliminaram a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1982, que era comandada por Telê Santana e tinha craques como Zico, Junior, Sócrates, Falcão etc, sendo campeão do torneio naquela edição.

O ex-atacante foi artilheiro do Mundial da Espanha com seis gols. Além dos três contra o Brasil nas quartas de final, Paolo Rossi foi o goleador isolado na vitória por 2 x 0 sobre a Polônia, na semifinal, e ainda anotou mais um na final da Copa, quando a Itália venceu a Alemanha por 3 x 1.

Foto: Tony Duffy/Allsport

Paolo Rossi foi convocado para a Copa de 1982 após ter sido suspenso em 1980, quando atuava pelo Perugia, acusado de envolvimento em um escândalo de manipulação de resultados que ficou conhecido como “Totonero”.

A carreira do Bambino D’Oro

Paolo Rossi começou sua carreira na Juventus, onde foi bicampeão italiano (1981/82 e 1983/84) e campeão da Copa Europeia 1983/84 (atual Champions League), da Recopa da Europa 1984 e da Copa da Itália 1982/83.

Além da Vecchia Signora, o Bambino D’Oro foi campeão da Série B do Campeonato Italiano pelo Vicenza, na temporada 1976/77. Paolo Rossi ainda teve passagens pelos clubes italianos Como, Perugia, Milan e Hellas Verona, onde encerrou a carreira em 1987.

Por Onefootball

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here