Bolsonaro ignora mortes por covid e posa para foto com placa “CPF cancelado”

0
- Em breve um anúncio top aqui -

Jair Bolsonaro participou na sexta-feira (23) do programa do apresentador Sikêra Jr., da TV “A Crítica”, de Manaus. Além de protagonizar brincadeiras com uma pessoa vestida com cabeça de burro, fez piadas homofóbicas e, nos bastidores, rodeado por parte de seus ministros, posou para uma foto com uma placa escrita “CPF Cancelado”.

A gíria “CPF Cancelado” geralmente é usada em contexto de policiais e grupos de extermínio, quando alguém é assassinado por outro membro ou facção.

Parlamentares de oposição criticaram a imagem por conta da pandemia. Ontem, enquanto Bolsonaro fazia pose ao lado dos aliados e com a placa, o Brasil acumulava 386.416 mortos pela covid. Somente nas últimas 24 horas, o país perdeu 3.076 pessoas para a doença, chegando aos 389.492 mortos.

Durante sua participação no programa o presidente voltou a fazer ameaças à democracia caso haja o agravamento da crise social causada pela covid-19.

“Eu tô junto com os meus 23 ministros, da Damares ao Braga Netto, praticamente conversados sobre isso aí se o caos generalizado se implantar no Brasil pela fome, pela maneira covarde como alguns querem impor certas medidas restritivas para o povo ficar dentro de casa”, disse.

Manaus, onde o programa de Sikêra Jr. é transmitido, foi uma das capitais que mais sofreu por conta da pandemia no início do ano com a má gestão do presidente e do então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. A cidade ficou sem oxigênio e teve um dos piores cenários da covid.

Nesta sexta (23) foi publicada no Diário Oficial da União a mudança de Eduardo Pazuello para a Secretaria-Geral do ExércitoPazuello é um dos alvos da CPI da Covid, que será instalada no Senado na próxima terça-feira (27).

Confira algumas das reações:

Fonte:  Congresso Em Foco

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here